Ed. 01 / 2018
13 / 16

am2.jpg

Quinze galerias portuguesas  participam na ARCOmadrid 2018

Um total de 15 galerias portuguesas participará na ARCOmadrid 2018 que se realiza de 21 a 25 de fevereiro em Madrid. A elas juntar-se-ão profissionais de arte contemporânea portuguesa com intervenções no Fórum e nos Encontros Profissionais.

A maioria das galerias portuguesas que estarão presentes na Feira participará no Programa Geral:

3+1 Arte Contemporânea; Vera Cortês; Baginski, Galeria/Projectos; Caroline Pagès; Cristina Guerra Contemporary Art; Filomena Soares; Bruno Múrias e Pedro Cera, de Lisboa. E do Porto: Pedro Oliveira; Nuno Centeno e Quadrado Azul, esta última também com sede na capital.

O programa Opening, comissariado por Stefanie Hessler e Ilaria Gianni e centrado em galerias com uma trajetória de um máximo de sete anos, também contará com participação portuguesa: Galeria Francisco Fino; Madragoa e Pedro Alfacinha, provenientes de Lisboa.

Por sua vez, em Diálogos, cuja seleção foi efetuada por María de Corral, Lorena Martínez de Corral e Catalina Lozano, estará presente a galeria Graça Brandão, de Lisboa.

A esta participação juntam-se duas galerias internacionais no Programa Geral: Maisterravalbuena (Madrid) e Monitor (Roma), também com espaços em Lisboa.

O programa inovador O futuro não é o que vai acontecer, mas sim o que vamos fazer, centrado no conceito do Futuro, é comissariado por Chus Martínez, Rosa Lleó e Elise Lammer e contará com obras de artistas portugueses como Hugo Canoilas, da galeria Workplace (Londres); Pedro Neves Marques, representado pela galeria italiana Umberto Di Marino, e do qual o CA2M Centro de Arte Dos de Mayo de Madrid acolherá uma instalação, The Pudic Relation Betweem Machine And Plant, 2016, durante a realização da Feira.

A ARCOmadrid contará também com representação portuguesa nos Encontros Profissionais que serão desenvolvidos no âmbito da Feira. É o caso de Penelope Curtis, diretora do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian; Margarida Mendes, comissária; e João Ribas, Diretor do Museu Serralves. Juntamente com estes, outros profissionais portugueses ou residentes no país estarão presentes na ARCOmadrid, como Miguel von Hafe Pérez, comissário independente; Fátima Marques, Diretora do Arquipélago - Centro de Artes Contemporâneas; Ana Cristina Cachola e Isabella Toledo.

O colecionismo português também será reconhecido na 37ª edição da Feira. Os Prémios "A" para o Colecionismo, concedidos pela Fundação ARCO, galardoaram a Coleção Armando Martins, atualmente composta por cerca de 400 obras de artistas portugueses e internacionais. Para 2019, o empresário prevê a abertura de um Museu de Arte Contemporânea em Lisboa, localizado num antigo palácio do século XVIII.

A ARCOmadrid 2018, organizada pela IFEMA, celebra-se de 21 a 25 de fevereiro nos pavilhões 7 e 9 da Feira de Madrid, entre as 12h e as 20h.

A revista Contemporânea estará presente na ARCOmadrid com a sua 1ª edição em papel - "Crónicas de Arte". Poderá visitar-nos na secção das revistas: 9H01F. 

+ info:

ARCOmadrid

Fotografia: Laura San Segundo. Cortesia Ifema/Arcomadrid.

 

Voltar ao topo